AUMENTO DE REPASSE APROVADO E DEVOLUÇÃO SERÁ MENSAL

Por Jose Luiz Ferreira 10/01/2017 - 15:13 hs

Uma manobra entre os vereadores da legislatura passada não permitiu a votação da LOA. Nas 3 últimas reuniões apenas 4 dos 13 vereadores compareceram, não dando “quorum”. O prefeito baixou decreto para começar a executar gastos do orçamento. Pórem, como o grupo de oposição venceu ao eleger toda a mesa diretora, o presidente Igor Sandim já convocou para 2ª e 3ª reuniões extraordinárias para votarem a LOA, com a mesma redação do ano passado, incluindo um aumento de mais r$ 1 milhão no repasse do executivo no orçamento da Câmara Municipal. A primeira reunião já aprovou o projeto da LOA. Na segunda reunião foi aprovada em 2º turno e o prejeto de resolução que define a devolução mensalmente ao executivo que vai repassar r$30 mil para Santa Casa e r$30 mil para o Hospital Nossa Senhora das Mercês. LOA: A LOA que define as prioridades contidas no PPA e as metas que deverão ser atingidas naquele ano. A LOA disciplina também todas as ações do executivo. Nenhuma despesa pública pode ser executada fora do orçamento.